A Construção e a Evolução da CEASA-GO: A Central de Abastecimento do Cerrado Brasileiro

Karla Kellen de Lima, Antônio Pasqualetto, Altivo Roberto Andrade de Almeida Cunha, Margot Riemann Costa e Silva

Resumo


Resumo: ao final de 1950 e na década de 1960, surgiram as primeiras discussões para a formação de um mercado de hortigranjeiro devido a existência de atividade fragmentada e informal que vinha causando problemas urbanísticos no Brasil. Objetivou-se contextualizar a criação da Central de Abastecimento de Goiás, inaugurada em 1975, seu papel e diretrizes para implantação dos espaços físicos. Realizou-se pesquisa descritiva em manuais operacionais das CEASAS do Brasil; documentos internos da CEASA-GO, artigos da época do Sistema Nacional de Centrais de Abastecimento (SINAC) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em conjunto com a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) e a Superintendência de Programas Institucionais e Sociais de Abastecimento (SUPAD) entre os anos de 1976 a 2008. Os resultados demonstram que a CEASA-GO tem um papel fundamental no comércio atacadista de hortigranjeiros, não só no Estado de Goiás, mas em todo Cerrado Brasileiro.
Palavras-chave: Ceasa. Central de Abastecimento. Hortigranjeiros. Cerrado.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/baru.v1i1.4459

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rodapé - Baru
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


BARU | Revista Brasileira de Assuntos Regionais e Urbanos | Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC Goiás | e-ISSN 2448-0460 | Qualis B4

Visitantes - (01/01/2015 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 5.505
Estados Unidos 254
França 233
Portugal 71
Colombia 51
Iraque 35
Reino Unido 32
México 32
Argentina 29
Total 6.531

Fonte: Google Analytics.