A Globalização Provocou o Aumento da Desigualdade? Uma abordagem Heterodoxa

Mohammad Muaz Jalil

Resumo


Resumo: este artigo apresenta quatro cenários para mostrar que a “versão neoliberal da globalização”, como sua crença na primazia da “auto-regulação” do mercado provocando a desregulamentação da economia, o desmantelamento do Estado de Bem-Estar, a redução da força dos sindicatos e a fi nanceirização da economia internacional, provocou o aumento da desigualdade de renda. A primeira seção do artigo defi ne os conceitos de globalização e desigualdade. A segunda, explica como globalização neoliberal tornou-se uma força dominante intelectual e politicamente. A terceira e quarta seções mostram à luz de quatro estudos de caso, Coreia do Sul, Taiwan, Chile e Índia, como a versão neoliberal da globalização exacerbou ainda mais a desigualdade. O artigo conclui com propostas para a promoção de uma globalização não-neoliberal.
Palavras-chave: Globalização. Desigualdade. Neo-liberalismo.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/baru.v2i1.4878

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rodapé - Baru
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


BARU | Revista Brasileira de Assuntos Regionais e Urbanos | Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC Goiás | e-ISSN 2448-0460 | Qualis B4

Visitantes - (24/08/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 6.689
Estados Unidos 261
França 234
Portugal 83
Colombia 55
México 37
Iraque 35
Reino Unido 34
Argentina 29

Fonte: Google Analytics.