Desenvolvimento Territorial e a Cadeia Produtiva da Caprinovinocultura no Semiárido Baiano: o caso do município de Juazeiro -BA

Kleber Avila Ribeiro, Cristina Maria Macêdo de Alencar

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo mostrar o atual cenário da caprinovinocultura no município de Juazeiro-BA ao longo de seus oito sub-territórios, com intuito de identificar os entraves e desafios que dificultam o desenvolvimento desta importante atividade econômica para os produtores rurais envolvidos na cadeia produtiva. A pesquisa foi realizada no período de 2013 a 2014, foram entrevistados 1.000 produtores, utilizou-se como metodologia a coleta de dados primários mediante aplicação de questionários estruturados, e pesquisa bibliográfica. Concluiu-se que problemas relacionados à organização social e à ausência de assistência técnica, dificultam a união dos produtores rurais do município de Juazeiro, envolvidos com a caprinovinocultura, impossibilitando-os de serem competitivos com vistas a atender ao mercado em escala e com produtos de qualidade e, consequentemente, ascenderem em mobilidade social.

Territorial Development and the Production Chain of Caprinovinoculture in the Bahia Arid Area: The Case of Juazeiro-BA

The objective of this work is to show the current scenario of caprinovinocultura in the city of Juazeiro-BA along its eight sub-territories, in order to identify the obstacles and challenges that hamper the development of this important economic activity for the rural producers involved in the chain productive. The research was carried out in the period from 2013 to 2014, 1,000 producers were interviewed, the methodology used was the collection of primary data through the application of structured questionnaires and bibliographic research. It was concluded that problems related to social organization and the lack of technical assistance make it difficult for rural producers in the municipality of Juazeiro, who are involved with caprinovinocultura, to make them competitive in order to quality and, consequently, social mobility

Desarrollo Territorial y la Cadena Productiva de la Caprinovinocultura en el Semiárido Baiano: el Caso del Municipio de Juazeiro-BA

El presente trabajo tiene por objetivo mostrar el actual escenario de la caprinovinocultura en el municipio de Juazeiro-BA a lo largo de sus ocho sub-territorios, con el fin de identificar los obstáculos y desafíos que dificultan el desarrollo de esta importante actividad económica para los productores rurales involucrados en la cadena productiva. La investigación fue realizada en el período de 2013 a 2014, fueron entrevistados 1.000 productores, se utilizó como metodología la recolección de datos primarios mediante la aplicación de cuestionarios estructurados, y la investigación bibliográfica. Se concluyó que problemas relacionados con la organización social y la ausencia de asistencia técnica, dificultan la unión de los productores rurales del municipio de Juazeiro, involucrados con la caprinovinocultura, imposibilitando que sean competitivos con miras a atender al mercado en escala y con productos de calidad y, consecuentemente, ascender en movilidad social.

Palavras-chave


caprine ovine culture; territorial development; productive chain; caprinovinocultura; desenvolvimento territorial; cadeia produtiva; caprinovinocultura; desarrollo territorial; cadena productiva

Texto completo:

PDF

Referências


BENKO, G.; LIPIETZ, A. Lés régions qui gagment. Paris: PUF, 1992.

BRANDÃO, Carlos. Teorias, estratégias e políticas regionais e urbanas recentes: anotações para uma agenda do desenvolvimento territorializado. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba, IPARDES, n. 107, p. 57-76, jul./dez. 2004.

CAPORALI, Renato. Metodologia para o desenvolvimento de arranjos produtivos locais: Projeto Promos. Brasília: SEBRAE, 2004.

CASSAROTTO, Nelson F.; PIRES, Luiz Henrique. Redes de pequenas e médias empresas e desenvolvimento local: estratégias para a conquista da competitividade global com base na experiência italiana. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

CASSIOLATO, José Eduardo; MATOS, Marcelo Pessoa; LASTRES, Helena M. M. Arranjos produtivos locais: uma alternativa para o desenvolvimento: criatividade e cultura. Rio de Janeiro: E-papers, 2008.

CASSIOLATO, José Eduardo; MATOS, Marcelo Pessoa; LASTRES, Helena M. M. Arranjos produtivos locais: uma alternativa para o desenvolvimento: experiências de política. Rio de Janeiro: E-papers, 2008.

CASSIOLATO, José; LASTRES, Helena M. M. Arranjos e sistemas produtivos locais na indústria brasileira. Disponível em: . Acesso em: 30 out. 2014.

COURLET, C. L’economie territoriale. Paris: PUG, 2008. 135 p.

FAVARETO, Arilson. Paradigmas do desenvolvimento rural em questão. São Paulo: IGLU: FAPESP, 2007.

FURTADO, Celso. Desenvolvimento e subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 2009.

GUIMARÃES FILHO, C. Uma estratégia alternativa para viabilização da caprino e da ovinocultura de base familiar do semiárido. In: KÜSTER, Angela; MARTÍ, Jaime Ferré; MELCHERS, Ingo. (Org.). Tecnologias apropriadas para terras secas: manejo sustentável de recursos naturais em regiões semiáridas no Nordeste do Brasil. Fortaleza: Fundação Konrad Adenauer/GTZ, 2006. p. 195-210.

HOLANDA JÚNIOR, E. V. Estudo da cadeia produtiva da caprino-ovinocultura na Bahia: relatório final. Petrolina, 2003. 284 p. (Relatório do convênio EMBRAPA SEMI-ÁRIDO/SEBRAE/FAGRO).

IBGE. Mapeamento das unidades territoriais. Disponível em: . Acesso em: 24 out. 2011.

IBGE. Produção Agrícola Municipal. Sistema IBGE de recuperação automática - SIDRA. Disponível em: . Acesso em: 24 set. 2013.

LIMA, Adelaide Motta; LOPES, Vitor. Arranjos Produtivos Locais: conceito e experiências em discussão. Revista Conjuntura e Planejamento SEI, n. 114, Salvador, nov. 2003, p. 26-30.

LIMA, R. G. S.; BAIARDI, A. Estratégias de sobrevivência dos pequenos caprinocultores do Semiárido Baiano. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias). Universidade Federal da Bahia, Cruz das Almas, 2001.

LOYOLA, Elisabeth; RIBEIRO, M.T.F., Política de desenvolvimento de apls: uma reflexão a partir da experiência da Bahia. RDE-Revista de Desenvolvimento Econômico, Salvador, v. 26, 2012.

MARSHALL, Alfred. Princípios de economia. V.1. São Paulo: Nova Cultural, 1996. 368 p.

REDESIST. Arranjo Produtivo Local: uma nova estratégia de ação para o SEBRAE. In: CASSIOLATO, JOSÉ E.; LASTRES, HELENA M. M. Glossário de arranjos e sistemas produtivos e inovativos locais. Rio de Janeiro: UFRJ, 2003. 29 p.

SAMPAIO, Yoni; FILHO, R. A. M.; VITAL, Tales. Território e desenvolvimento econômico no Brasil: arranjos produtivos locais em Pernambuco. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2012.

SCOTT, A. New industrial spaces. London: Pion, 1988.

SEBRAE. Histórias de sucesso: agronegócios, ovinocaprinocultura, leite e derivados. Brasília, 2006.

SEBRAE/BA. Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa do Estado da Bahia. Relatório final. Programa de inclusão produtiva da ovinocaprinocultura do semiárido da Bahia. Juazeiro, 2012. 62 p.

SEBRAE/PB. Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa do Estado da Paraíba. Relatório final. Estudo do complexo ovino-caprino objetivando o desenvolvimento do complexo agroindustrial de produtos da ovinocaprinocultura no Brasil em arranjos produtivos locais. João Pessoa, 2013. 263 p.

SEN, A. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SILVA, Sylvio B.M.; SILVA, Barbara-Christine N. Estudos sobre globalização, território e Bahia. 2006. Dissertação (Mestrado em Geografia). Departamento de Geografia, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2006. 216 p.

SOUZA, Juan Diego Ferelli de. Abates não inspecionados de ovinos em propriedades rurais no município de Tauá (CE): uma análise das características do ambiente institucional. 2013. Tese (Doutorado)-Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2013.

VASCONCELOS, Flávio C.; GOLDSMIDT, Rafael; G. B; FERREIRA, Fernando C. M. Arranjos Produtivos. Revista GV Executivo, v. 4, n. 3, p. 18-21, ago./out. 2005.

VÁSQUEZ-BARQUERO, Antonio. Endogenous development: networking, innovation, institutions and cities. London: Routledge, 2002.

VEIGA, José Eli da. Desenvolvimento sustentável: o desafio do século XXI. Rio de Janeiro: Garamond, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/baru.v4i1.6571

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


BARU | Revista Brasileira de Assuntos Regionais e Urbanos | Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC Goiás | e-ISSN 2448-0460 | Qualis B4