INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO E CRESCIMENTO ECONÔMICO NO BRASIL

Salime Nadur Duarte Ferreira, Evandro Camargos Teixeira, Gercione Dionizio Silva

Resumo


O objetivo do presente estudo é analisar o impacto da infraestrutura de transporte rodoviário sobre o crescimento econômico brasileiro no período de 2011 a 2015. Para tal, optou-se pelo modelo econométrico dinâmico para dados em painel, estimado pelo método de Momentos Generalizados Sistêmico (GMM-Sys). Para caracterizar a infraestrutura de transporte rodoviário do país, foram criadas variáveis que mensuram a quantidade e principalmente a qualidade da pavimentação das rodovias brasileiras, com base nas informações da Confederação Nacional de Transporte - CNT. Os resultados demonstram que a qualidade da malha rodoviária impacta positivamente no crescimento econômico brasileiro, reforçando a hipótese de que maiores investimentos em infraestrutura de transporte geram retornos positivos para a economia.

Palavras-chave


Infraestrutura de transporte; Crescimento econômico; Dados em painel.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, J. E. D.; BRUNO, M. A. População e crescimento econômico de longo prazo no Brasil: como aproveitar a janela de oportunidade demográfica. XV Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 18. 2006.

AMAZONAS ATUAL. Acesso em: https://amazonasatual.com.br/amazonas-e-o-segundo-pior-em-infraestrutura-que-envolve-estradas-energia-e-telecomunicacoes/. 2016.

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DE ENERGIA ELÉTRICA. Empresa de Pesquisa Energética – EPE. Ministério de Minas e Energia. 2016.

ARELLANO, M.; BOND, S. Some Tests of Specification for Panel Data: Monte Carlo Evidence and an Application to Employment Equations. Review of Economic Studies, Blackwell Publishing, v. 58, n. 2, p. 277-97, 1991.

ARELLANO, M.; BOVER, O. Another look at the instrumental variable estimation of error-components models. Journal of Econometrics, Elsevier, v. 68, n. 1, p. 29-51, 1995.

BERTUSSI, G. L.; ELLERY JÚNIOR, R. Infraestrutura de transporte e crescimento econômico no Brasil. Journal of Transport Literature. 2012.

BIBLIOTECA VIRTUAL DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO. Acesso em: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/temas/sao-paulo/sao-paulo-infraestrutura-de-transportes.php. 2016.

BLUNDELL, R; BOND, S. Initial conditions and moment restrictions in dynamic panel data models. Journal of Econometrics, v. 87, n. 1, p.115-143, 1998.

BRESSER-PEREIRA, L. C. Crescimento e desenvolvimento econômico. Notas para uso em curso de desenvolvimento econômico na Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas. Versão de junho de 2008.

CASTRO, L. S. Crescimento econômico e infraestrutura: o impacto do ProAcesso em Minas Gerais. Viçosa, MG. 2016.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRANSPORTES – CNT. Pesquisa CNT de Rodovias 2017. Disponível em: http://pesquisarodovias.cnt.org.br/. Acesso em: 26 maio 2018.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRANSPORTES – CNT. Resumo Principais Dados Pesquisa CNT 2017. Disponível em: http://pesquisarodovias.cnt.org.br/Paginas/resumo-para-imprensa. Acesso em: 26 maio 2018.

CRUZ, A. C. da; TEIXEIRA, E. C.; BRAGA, M. J. O Efeito dos Gastos Públicos em Infraestrutura e em Capital Humano no Crescimento Econômico e na Redução da Pobreza no Brasil. XXXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 156. Anais [...]. ANPEC-Associação Nacional dos Centros de Pós-graduação em Economia, 2011.

DIAS, L. R. de S.; SIMÕES, R. F. Infraestrutura de transportes e a alocação das atividades econômicas: um estudo do PROACESSO em Minas Gerais. n. 476. Cedeplar, Universidade Federal de Minas Gerais, 2013.

FEIJÓ, C. A.; VALENTE, E.; CARVALHO, PGM de. Além do PIB: uma visão crítica sobre os avanços metodológicos na mensuração do desenvolvimento sócio econômico e o debate no Brasil contemporâneo. Estatística e Sociedade, Porto Alegre, n. 2, p. 42-56, 2012.

FERREIRA, P. C.; MALLIAGROS, T. G. O impacto da infraestrutura sobre o crescimento da produtividade do setor privado e do produto brasileiro, 1997.

GOLDEMBERG, J.; LUCON, O. Energia e meio ambiente no Brasil. Estudos avançados, v. 21, n. 59, p. 7-20. 2007.

GREENE, W. Econometric Analysis. 5. Ed. New Jersey: Prentice Hall, 2002.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/14707-asi-ibge-mapeia-a-infraestrutura-dos-transportes-no-brasil. 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Sistema IBGE de recuperação automática: SIDRA. Banco de dados agregados. Disponível em: http://www. sidra. ibge. gov. br/bda/tabela/protabl.

MAIA, M. S. Efeitos da infraestrutura de transporte sobre o crescimento econômico brasileiro de 2001 a 2012. Viçosa-MG, 2015.

MARCHETTI, D. dos S.; FERREIRA, T. T. Situação atual e perspectivas da infraestrutura de transportes e da logística no Brasil, 2012.

MENEZES, T. A.; UCHOA F. Mortalidade Infantil, Saneamento Básico e o Impacto da Saúde sobre o Crescimento Econômico Brasileiro. 39° Encontro Nacional de Economia; Foz do Iguaçu (PR); v. 30, p.1-16. 2011.

MORENO, R.; LÓPEZ-BAZO, E. Returns to local and transport infrastructure under regional spillovers. International Regional Science Review, 2007.

PEREIRA, L. A. G.; LESSA, S. N. O processo de planejamento e desenvolvimento do transporte rodoviário no Brasil. Caminhos de Geografia, 2011.

QUEIROZ, S. L. Os efeitos em infraestrutura de transporte rodoviário sobre o crescimento econômico brasileiro. Viçosa-MG, 2017.

RIBEIRO, P. C. C.; FERREIRA, K. A. Logística e transportes: uma discussão sobre os modais de transporte e o panorama brasileiro. XXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, p. 8. 2002.

RIGOLON, F. J. O investimento em infra-estrutura e a retomada do crescimento econômico sustentado. Pesquisa e Planejamento Econômico. 1998.

SAIANI, C. C. S.; ALMEIDA, W. D. S. da; Silva, J. C. da; VIEIRA, E. B. Saúde, saneamento básico e crescimento econômico: uma análise para as unidades federativas brasileiras. RDE-Revista de Desenvolvimento Econômico, v. 1, v. 39, 2018.

SCHMIDT, C. A. J.; LIMA, M. A. A demanda por energia elétrica no Brasil. Revista brasileira de economia, v. 58, n. 1, p. 68-98, 2004.

SILVA, G. J. C. da; MARTINS, H. E. P.; DANTAS NEDER, H. Investimentos em infraestrutura de transportes e desigualdades regionais no Brasil: uma análise dos impactos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Brazilian Journal of Political Economy/Revista de Economia Política, 2016.

SILVA, G. J. C. da; MENEZES, L. B.; NEDER, H. D. Qualidade da Malha Rodoviária, Custos Econômicos Associados e Determinantes dos Acidentes de Trânsito do Brasil: Avaliação e Proposição de Política. Revista de Políticas Públicas, 2016.

SOLOW ROBERT, M. A Contribution to the Theory of Economic Growth. The Quarterly Journal of Economics, v. 70, n. 1, p. 65-94, 1956.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/baru.v5i2.7570

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rodapé - Barú
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


BARU | Revista Brasileira de Assuntos Regionais e Urbanos | Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC Goiás | e-ISSN 2448-0460 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (24/08/2017 - 25/06/2020)

Fonte: Google Analytics.