A Pesquisa na Formação/Atuação dos Professores: que Concepção?

Kátia Augusta Curado Pinheiro Cordeiro Silva

Resumo


Resumo: O estudo analisa as concepções e práticas de pesquisa na educação básica. Utilizamos o materialismo histórico dialético investindo em quatro estratégias metodológicas:
a) revisão bibliográfica; b) questionários; c) entrevistas; d) análise de documentos. O trabalho aponta que os professores com formação stricto sensu desejam realizar pesquisas, mas não tem condições estruturais para desenvolvê-las demandado a necessidade de se investir na pesquisa como uma política de profissionalização.
Palavras-chave: Formação de professores. Pesquisa. Trabalho docente

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v14i1.1617

Direitos autorais

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis B1

Visitantes - (01/01/2006 - 18/06/2019)
País Usuários
Brasil 23.489
Estados Unidos 762
Portugual 366
França 293
Moçambique 204
Angola 184
Espanha 75
Reino Unido 67
México 46
Total 26.138

Fonte: Google Analytics.