AS TECNOLOGIAS DIGITAIS COMO ARTEFATO E COMO LINGUAGEM NO ENSINO DAS ARTES

Luciana Martha Silveira

Resumo


Resumo: A presença das tecnologias digitais no ensino de artes tem sido evidenciada como uma realidade multiplicada em diferentes contextos. Além das artes, várias áreas do conhecimento se preocupam em estudar e compreender seu desenvolvimento, a partir de um tecnocentrismo e sua influência no papel mediador do professor. A lógica do usuário que age em função da máquina deve ser substituída pela lógica da intervenção. Neste contexto, discute-se a validade da experimentação que parte de dispositivos ou processos tecnológicos em quatro situações, localizando sua utilização como artefato e como linguagem na mediação do professor de artes.

Palavras-chave: Artes. Intervenção. Tecnologia. Artefato. Linguagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v18i1.4261

Direitos autorais 2015 Educativa

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis B1

Visitantes - (01/01/2006 - 18/06/2019)
País Usuários
Brasil 23.489
Estados Unidos 762
Portugual 366
França 293
Moçambique 204
Angola 184
Espanha 75
Reino Unido 67
México 46
Total 26.138

Fonte: Google Analytics.