MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA NO ENSINO DE MÚSICA

Katia da Silva Ribeiro Araujo, Carlos Toscano

Resumo


Este estudo investigou a mediação pedagógica no ensino de conceitos de música no 6º ano do ensino fundamental numa escola pública do Paraná. Apoiando-se na teoria histórico-cultural, sobretudo nos estudos de Vigotski, Luria e Fontana, a pesquisa, de caráter qualitativo e interpretativo, envolveu observações e filmagem das aulas. Dentre os resultados destacamos: o ensino dos conceitos, que teve por base os conceitos cotidianos dos alunos e a mediação pedagógica, e não possibilitou uma elaboração conceitual que pudesse alcançar níveis superiores de generalização o que põe em questão o papel da escola, as condições de ensino e as necessidades formativas.

Palavras-chave


Ensino de música; Mediação pedagógica; Aprendizagem conceitual; Teoria histórico-cultural.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. MEC. Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação, 2004. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES02-04.pdf. Acesso em: 29 jun. 2012.

BRASIL. Projeto de Lei no. 11.274, de 06 de fevereiro de 2006. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, dispondo sobre a duração de 9 (nove) anos para o ensino fundamental, com matrícula obrigatória a partir dos 6 (seis) anos de idade. Brasília, DF, 06 fev. 2006. Disponível em: http://www81.dataprev.gov.br/ sislex/paginas/42/2006/11274.htm. Acesso em: 18 out. 2012.

BRASIL. Planalto. Projeto de Lei nº 11.769, 18 de agosto de 2008. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, Lei de Diretrizes e Bases da Educação, para dispor sobre a obrigatoriedade do ensino da música na educação básica. 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil03/ato2007-2010/2008/lei/l11 769. htm#art1. Acesso em: 24 jun. 2012.

FONTANA, R. A. C.; CRUZ, M. N. da. Psicologia e trabalho pedagógico. São Paulo: Atual, 1997.

LEONTIEV, A. N. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKII, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. VILLALOBOS, M. P. (Trad.) São Paulo: Ícone: Editora da Universidade de São Paulo, 1988. p. 59-83.

LURIA, A. R. Curso de psicologia geral. Introdução evolucionista à psicologia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1991. (v. I).

PARANÁ. Diretrizes curriculares da educação básica em artes do Paraná. 2008.

Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov. br/modules/conteudo/ conteudo.php?conteudo=1. Acesso em: 25 ago. 2013.

VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

VIGOTSKI. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

VIGOTSKI. Manuscrito de 1929. Traduzido do original russo, publicado no Boletim da Universidade de Moscou, Série 14, Psicologia, 1986. Tradução de Alexandra Marenitch. (Trad.). Educação & Sociedade, ano XXI, n. 71, p. 21-44, jul. 2000.

VIGOTSKI. A construção do pensamento e da linguagem. 2. ed. Paulo Bezerra. (Trad.). São Paulo: Martins Fontes, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v21i2.4512

Direitos autorais 2019 Educativa

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.