A Organização da Instrução Primária nos Livros de Registro em Sergipe (1850-1861)

Simone Silveira Amorim, Gleidson Santos da Silva

Resumo


Este artigo objetiva demonstrar como funcionavam os mecanismos de controle no que diz respeito ao acompanhamento do estado sobre os professores públicos primários em Sergipe entre 1850 e 1861. As categorias de análise de Elias (1994) de Configuração e Interdependência ajudaram a compreender como se configurou a instrução primária no século XIX. Para tanto, foi utilizado o aporte teórico e metodológico da História Cultural. O recorte temporal de 1850 a 1861 está relacionado com os Livros de Registro de Ofícios Expedidos pelo governo provincial, pois neles ficavam registradas as ações do Estado para com o ensino público. Assim, observou-se que controle Estatal sobre os professores primários se desenvolveu através de uma rede de funcionários públicos que concedia ou negava benefícios, fiscalizava, avaliava e punia de acordo com a legislação do período.

Palavras-chave


Estado; Livros de Registro; Ensino Público.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei de 15 de outubro de 1827. Manda criar escolas de primeiras letras em todas as cidades, vilas e lugares mais populosos do Império. Coleção das leis do Império do Brasil. Brasília: DF: Câmara dos Deputados, p. 71, v. 1, 1927. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/atividadelegislativa/legislacao/publicacoes/doimperio/colecao3.html. Acesso em: 14 nov. 2015.

CASTANHO, Sérgio. Questões teórico-metodológicas de História Cultural e Educação In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, 1, 2000. Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: SBHE. CD Rom.

CHARTIER, Roger. À beira da falésia: a história entre incertezas e quietudes. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2002.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.

ELIAS, Norbert. Mozart, sociologia de um gênio. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1995.

FARIA FILHO, Luciano Mendes de. A legislação escolar como fonte para a história da educação: uma tentativa de interpretação. In: VIDAL, D. G. et al. Educação, modernidade e civilização: fontes e perspectivas de análise. Belo Horizonte; Autêntica, 1998.

FARIA FILHO, Luciano Mendes de. Instrução elementar no século XIX. In: LOPES, E. M. T.; FARIA FILHO, L. M. de; VEIGA, C. G. (org.). 500 anos de educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2003a. p. 135-149.

FRANCO, Candido Augusto Pereira. Compilação das Leis Provinciais de Sergipe – 1835 a 1880. v. 2: I-Z, Aracaju: Typografia de F. das Chagas Lima, 1879.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas: SP Editora da UNICAMP, 1990.

LIMA, Gláriston dos Santos. A Cultura Material Escolar: desvelando a formatação da Instrução das Primeiras Letras na Província de Sergipe (1834-1858). 2007, 147f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2007.

MACHADO, Maria Cristina Gomes. Estado Política da educação no Império brasileiro. In: SAVIANI, Dermeval (Org.) Estado e políticas educacionais na história da educação brasileira. Vitória: EDUFES, 2010. p. 153-186. (Coleção Horizontes da pesquisa em história da educação no Brasil. v. 2).

MIGUEL, Maria Elizabeth Blank. Práticas escolares e processos educativos na escola provincial paranaense (1854-1889). In: NETO, W. G.; MIGUEL, M. E. B.; NETO, A. F. (Org.). Práticas escolares e processos educacionais: currículo, disciplina, e instituições escolares (século XIX e XX). Vitoria, ES: EDUFES, 2011. p. 179-204. (Coleção Horizontes da pesquisa em história da educação no Brasil. v. 4).

NUNES, Maria Thetis. História da Educação em Sergipe. 2. ed. São Cristóvão: Editora UFS, 2008.

SANTANA, Antônio Samarone. As febres do Aracaju: dos miasmas aos micróbios. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Sergipe. Núcleo de Pós-Graduação em Educação. São Cristóvão. 1997.

SAVIANI, Dermeval. O Estado e a promiscuidade entre o público e o privado na história da educação no Brasil. In: SAVIANI, D. (org.) Estado e políticas educacionais na história da educação brasileira. Vitória: EDUFES, 2010. p. 15-48. (Coleção Horizontes da pesquisa em história da educação no Brasil. V. 2).

SERGIPE. Livro de correspondências expedidas pelo Governo Provincial. Arquivo Público do Estado de Sergipe – APES, fundo G¹ 41.

SERGIPE. Livro de registro de comunicação do governo da Província com as autoridades do interior. Arquivo público do Estado de Sergipe – APES, fundo G¹ 47.

SERGIPE. Livro de registro de correspondências do governo Provincial com o Liceu, Biblioteca, Inspetoria das Vilas, Comissões de Instrução Pública e Professores. Arquivo Público do Estado de Sergipe – APES, Fundo G¹ 225.

SERGIPE. Ofício enviado pelo Presidente da Província Amâncio José Pereira de Andrade para o Inspetor Provincial – 7 de julho de 1851. APES, G¹ 47, p. 94b.

SERGIPE. Ofício enviado pelo Presidente da Província Amâncio José Pereira de Andrade para o Inspetor Provincial – 22 de julho de 1851. APES, G¹ 47, p. 123b.

SERGIPE. Ofício enviado pelo Presidente da Província Ignácio Joaquim Barbosa para o Comissário da Instrução Pública da Capital – 18 de maio de 1854. APES, G¹ 225, p. 22.

SERGIPE. Ofício enviado pelo Presidente da Província José Antônio de Oliveira Silva para o Inspetor da Tesouraria Provincial – 27 de julho de 1852. APES, G¹ 41, p. 100.

SERGIPE. Ofício enviado pelo Presidente da Província José Antônio de Oliveira Silva para o Inspetor Provincial – 17 de outubro 1851. APES, G¹ 47, p. 296b.

SERGIPE. Ofício enviado pelo Presidente da Província José Antônio de Oliveira Silva para o Inspetor Provincial – 22 de outubro de 1851. APES, G¹ 47, p. 305b.

SERGIPE. Ofício enviado pelo Presidente da Província Luiz António Pereira Franco para o Comissário da Instrução Pública da Capital – 29 de agosto de 1853. APES, G¹ 225, p. 13b.

SERGIPE. Quadro da Instrução Pública Primária na Província de Sergipe. 1851, disponível em: http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/1047/000038.html. Acesso em: 28 set. 2015).

SERGIPE. Regimento Interno das Escolas de 1853. Arquivo Público do Estado de Sergipe – APES, Fundo G¹ 974.

SERGIPE. Resolução provincial nº 259, de 15 de março de 1850. Coleção de leis, decretos e resoluções da província Sergipe (1835-1880), v. 2, doc. 2, 1850.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v22i1.5418

Direitos autorais 2020 Simone Amorim, Gleidson Silva, Cristiano Ferronato

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 12/08/2021)

Fonte: Google Analytics.