Émile and Ancient Medicine

Thomaz Kawauche

Resumo


EMÍLIO E A MEDICINA ANTIGA

Resumo: trata-se, neste artigo, de discutir o uso de esquemas conceituais do Corpus Hippocraticum no Emílio de J.-J. Rousseau. A hipótese de leitura relaciona o princípio de isonomia dos antigos e o conceito de ordem aplicado ao equilíbrio das faculdades e dos órgãos da criança.

Palavras-chave: Medicina. Educação. Ordem. Isonomia. Moral.

Abstract: this article aims at discussing the use of conceptual schemes from Corpus Hippocraticum in J.-J. Rousseau’s Émile. The reading hypothesis establishes the relation between the principle of isonomy and the concept of order applied to the balance of child’s faculties and organs.

Keywords: Medicine. Education. Order. Isonomy. Morals.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v20i1.5870

Direitos autorais 2017 Thomaz Kawauche

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis B1

Visitantes - (01/01/2006 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 24.984
Estados Unidos 768
Portugual 385
França 296
Moçambique 215
Angola 200
Espanha 78
Reino Unido 68
México 49
Total 27.878

Fonte: Google Analytics.