Historical Footsteps of Teaching Practice and Current Internship Issues in Teacher Training

Valdeniza Maria Lopes da Barra

Resumo


Abstract: it is a historical exercise that selects the documentary and bibliographical studies to think the formation of teachers for the initial years of schooling from the practice of teaching/internship. It is organized in three historical moments. The first occurs in the nineteenth century when normal schools arise, and these were annexed to the so-called model schools, a space where the practical training of primary teachers would be given. Already, the second, is delimited by the years 1930 and 1940, period in which Pedagogy becomes a course of higher education and the colleges of application arise as a space for practical training of degrees. The third is at the end in the 1960s, through Resolution No. 9/69, which established that teaching practice should be conducted as a supervised internship in the community schools themselves. Once this historical itinerary has been fulfilled, the text highlights some of the concerns derived from the act of thinking and performing the internship in schools and the engenderings involved.

Pegadas históricas da prática de ensino e questões atuais do estágio na formação de professores

Resumo: trata-se de um exercício histórico que elege os estudos documental e bibliográfico para pensar a formação de professores para os anos iniciais da escolarização a partir da prática de ensino/estágio. Organiza-se em três momentos históricos. O primeiro se dá no século XIX quando surgem as escolas normais, sendo que a estas eram anexadas às denominadas escolas modelo, espaço onde se daria a formação prática de professores primários. Já, o segundo, é delimitado pelos anos 1930 e 1940, período em que a Pedagogia se torna curso do ensino superior e os colégios de aplicação surgem como espaço de formação prática das licenciaturas. O terceiro se dá no final nos anos 1960, por meio da Resolução Nº 9/69, que estabelecia que a prática de ensino deveria ser realizada na forma de estágio supervisionado nas próprias escolas da comunidade. Cumprido o referido itinerário histórico, o texto destaca algumas inquietações derivadas do ato de pensar e realizar o estágio nas escolas e os engendramentos aí implicados.

Palavras-chave


Internship; Teaching Practice; Teachers Formation; Pedagogy; estágio; prática de ensino; formação de professores; pedagogia

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Jane Soares de. Prática de ensino e estágio supervisionado na formação de professores. Cadernos de Pesquisa, n. 93. São Paulo: 1995, p. 22-31.

BARRA, Valdeniza Maria Lopes da. Da pedra ao pó: o itinerário da escola paulista do século XIX. DM/São Paulo: PUC-SP, 2001.

BARRA, Valdeniza Maria Lopes da. Formação continuada via estágio. Didática e prática de ensino na relação com a escola. Fortaleza: EdUECE, 2014, Livro 1. 02014-02427. Disponível em: http://uece.br/endipe2014/ebooks/livro1/276%20FORMAÇÃO%20CONTINUADA%0VIA%20ESTÁGIO.pdf. Acesso em: 12 ago. 2017.

BRASIL. Decreto-Lei Nº 9.053, de 12 de março de 1946. Cria um ginásio de aplicação nas Faculdades de Filosofia do país. Disponível em: http://legis.senado.gov.br/legislacao/ListaPublicacoes.action?id=104496. Acesso em: 14 de agosto de 2017.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Brasília: Resolução CNE/CP Nº 1, de 15 de maio de 2006. Disponível em:

http://www.ufrgs.br/pedagogia/legislacao/diretrizes-curriculares-nacionais-para-o-curso-de-graduacao-em-pedagogia. Acesso em: 14 ago. 2017.

BRASIL. Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Congresso Nacional, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 14 ago. 2017.

BRASIL. Resolução Nº 9, de 6 de agosto de 1969. Disponível em:

http://sapl.saojoaodaboavista.sp.leg.br/consultas/norma_juridica/norma_juridica_mostrar_proc?cod_norma=7970. Acesso em: 14 ago. 2017.

BRASIL. Pátria educadora: a qualificação do ensino básico como obra de construção nacional. Brasília: MEC, 2015.

BRITO, Rosa Mendonça de. Breve história do curso de Pedagogia no Brasil. 1995. Disponível em: http://dialogica.ufam.edu.br/PDF/no1/1breve_historico_curso_pedagogia.pdf. Acesso em: 20 jan. 2015.

BRZEZINSKI, I. Pedagogia, pedagogos e formação de professores: busca e movimento. Campinas, São Paulo: Papirus, 1996.

CRUZ, Shirleide Pereira da Silva. Concepções de polivalência e professor polivalente: uma análise histórico-legal. Seminário de Estudos e Pesquisas: História, Sociedade e Educação no Brasil, 9, 2012, João Pessoa. Anais... João pessoa, PB: UFPB. Disponível em: http://www.histedbr.fe.unicamp.br/acer_histedbr/seminario/seminario9/PDFs/3.61.pdf. Acesso em: 14 ago. 2015.

CRUZ, Shirleide Pereira da Silva; NETO, José Batista. A polivalência no contexto da docência nos anos iniciais da escolarização básica: refletido sobre experiências de pesquisas. Revista Brasileira de Educação, v. 17, n. 50, 2012.

FAZENDA, Ivani. O papel do estágio nos cursos de formação de professores. In: PICONEZ, Stela (Coord.). A prática de ensino e o estágio supervisionado. Campinas, SP: Papirus, 1991. p. 53-62.

FREITAS, Helena L. de Costa. O trabalho como princípio articulador na prática de ensino e nos estágios. Campinas, SP: Papirus, 1996.

GATTI, Bernadette A. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP, São Paulo, n. 100, p. 33-46, dez./jan./fev.2013-2014. Disponível em: http://docplayer.com.br/23764277-A-formacao-inicial-de-professores-para-a-educacao-basica-as-licenciaturas.html. Acesso em: 14 ago. 2017.

GATTI, Bernardette A.; NUNES, Marina Muniz Rossa (Orgs.). Formação de professores para o ensino fundamental: um estudo dos currículos das licenciaturas em Pedagogia, Língua Portuguesa, Matemática e Ciências Biológicas. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 2009.

GATTI, Bernardette A.; TARTUCE, Gisela Lobo B. P.; UNBEHAUM, Sandra G. Formação de professores para o Ensino Fundamental: instituições formadoras e seus currículos. Estudos e pesquisas educacionais, São Paulo: Fundação Victor Civita, p.96-138, 2010. A.

KENSKI, Vani M. A vivência escolar dos estagiários e a prática de pesquisas em estágios supervisionados. In: PICONEZ, Stela (Coord.). A prática de ensino e o estágio supervisionado. Campinas, SP: Papirus, 1991. p. 39-52.

LIBÂNEO, José Carlos. A unidade entre a didática e as metodologias de ensino e prática de ensino. Teoria e Práxis. Goiânia: Kelps, 1991. p. 49-54.

MELO, Maria Julia Carvalho de; ALMEIDA, Lucinalva Athaide Andrade de. Estágio supervisionado e prática docente: sentidos das produções discursivas da ANPEd, BDTD e EPENN. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/990. Acesso em: 05 mar. 2016.

NÓVOA, António. O passado e o presente dos professores. In: ______ (Org.). Profissão professor. Portugal: Porto Editora, 1995.

OLIVEIRA, Raquel Gomes de. Estágio supervisionado: horas de parceria escola-comunidade. Jundiaí, SP: Paco Editorial, 2011.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Socorro Lucena. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2010.

PICONEZ, Stela. A prática de ensino e o estágio supervisionado: a aproximação da realidade escolar e a prática da reflexão. In: PICONEZ, Stela (coord.). A prática de ensino e o estágio supervisionado. Campinas, SP: Papirus, 1991. p. 39-52.

RIVAS, Noelly Prestes Padilha; PEDROSO, Cristina Cinto Araújo, BEZERRA, Delma Rosa dos Santos. O estágio supervisionado no contexto da disciplina Didática: possibilidades de formação no curso de Pedagogia. In: PACÍFICO, S. M. R.; ARAÚJO, E. S. (Orgs.). O estágio e a produção do conhecimento docente. São Carlos, SP: Pedro e João Editores, 2013.

SAVIANI, Dermeval. A Pedagogia no Brasil: história e teoria. Campinas, SP: Editora Autores Associados, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v20i2.6234

Direitos autorais 2018 Valdeniza Maria Lopes da Barra

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis B1

Flag Counter