Uso dos Resultados das Avaliações Externas da Escola

Aisi Anne Ferreira Silveira, Luana Costa Almeida

Resumo


As avaliações externas estão presentes no cenário educacional e desde a criação do SAEB ocupam lugar central nas políticas educacionais. Fruto de pesquisa que analisou o uso dos resultados dessas avaliações na visão dos gestores das escolas municipais de Pouso Alegre/MG, via entrevistas semiestruturadas, o presente artigo problematiza o uso dos resultados anunciado pelos gestores e as ações citadas como exemplos por eles. Ainda que o discurso esteja voltado à melhoria da aprendizagem de forma ampla, usando os resultados sem focar especificamente o melhoramento dos índices, as ações exemplificadas pelos entrevistados se centram na perspectiva de melhoria dos resultados.

Palavras-chave


Avaliação Externa; IDEB; Escola.

Texto completo:

PDF

Referências


ADRIÃO, T. et al. Uma modalidade peculiar de privatização da educação pública: a aquisição de sistemas de ensino por municípios paulistas. Educação e Sociedade, Campinas, v. 30, n. 108, p. 799-818, 2009.

ALAVARSE, O. M.; BRAVO, M. H.; MACHADO, C. Avaliações externas e qualidade na Educação básica: articulações e tendências. Est. Aval. Educ., São Paulo, v. 24, n. 54, p. 12-31, jan./abr. 2013.

ALMEIDA, L. C. As escolas em suas condições concretas: as políticas de avaliação são apropriadas para avalia-las? In: SILVA, R. R. D. et al. Políticas contemporâneas de escolarização no Brasil: uma agenda investigativa. Curitiba, PR: CRV, 2014, v. 1, p. 35-48.

ALMEIDA, L. C; BETINI, G. A. O uso de testes padronizados e de alto impacto na avaliação escolar e suas consequências. In: CÁRIA, N. P.; OLIVEIRA, S. M. S. S.; CUNHA, N. B. C. (org.). Gestão educacional e avaliação: perspectivas e desafios contemporâneos. Campinas: Pontes Editores, 2015.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Ed. 70, 1977.

BAUER, A.; ALAVARSE, O. M.; OLIVEIRA, R. P. Avaliações em larga escala: uma sistematização do debate. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 41, n. especial, p. 1367-1382, dez. 2015.

BONAMINO, A.; SOUSA, S. Z. Três gerações de avaliação da educação básica no Brasil: interfaces com o currículo da/na escola. Educação e Pesquisa, p. 1-16, 2012.

DALBEN, A.; ALMEIDA, L. C. Para uma avaliação de larga escala multidimensional. Est. Aval. Educ. São Paulo, v. 26, n. 61, p. 12-28, 2015.

FREITAS, L. C. Eliminação adiada: o ocaso das classes populares no interior da escola e a ocultação da (má) qualidade do ensino. Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100 esp., p. 965-987, out. 2007.

GARCIA, A. L. Gestão da escola, qualidade do ensino e avaliação externa: desafios na e da escola. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Marília/SP. 2010.

HORTA NETO, J. L. Avaliação externa: a utilização dos resultados do Saeb 2003 na gestão do sistema público de ensino fundamental no Distrito Federal. 144f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação-UNB, Brasília, 2006.

INEP. Nota técnica: Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). s/d. Disponível em: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/portal_ideb/o_que_e_o_ideb/Nota_Tecnica_n1_concepcaoIDEB.pdf. Acesso em: 10 jan. 2016.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MACHADO, C. Avaliação Externa e Gestão Escolar: reflexões sobre o uso dos resultados. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 70-82, jan./jun. 2012. Disponível em: http://arquivos.cruzeirodosuleducacional.edu.br/principal/old/revista_educacao/pdf/volume_5_1/educacao_01_70-82.pdf. Acesso em: maio 2018.

MACHADO, C.; ALAVARSE, O. M. Qualidade das escolas: tensões e potencialidades das avaliações externas. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 39, n. 2, p. 413-436, abr./jun. 2014.

MESQUITA, S. Os resultados do Ideb no cotidiano escolar. Ensaio: Aval. Pol. Educ.. Rio de Janeiro, v. 20, n. 76, p. 587-606, jul./set. 2012.

PAZ, F. M.; RAPHAE, H. S. Contribuições para o debate sobre a escola pública: o índice de desenvolvimento da educação básica (IDEB). Colloquium Humanarum, Presidente Prudente, v. 9, n. 2, p. 55-65, 2012.

ROSISTOLATO, R.; VIANA, G. Os gestores educacionais e a recepção dos sistemas externos de avaliação no cotidiano escolar. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 1, p. 13-28, jan./mar. 2014.

SILVA, I. F. O Sistema Nacional de Avaliação: características, dispositivos legais e resultados. Est. Aval. Educ., São Paulo, v. 21, n. 47, p. 427-448, 2010.

SILVEIRA, A. A. F. Uso dos resultados das avaliações externas em escolas de uma cidade do sul de Minas Gerais. 2016, 115 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Sapucaí, 2016.

SOUSA, S. K; OLIVEIRA, R. P. Sistemas estaduais de avaliação: uso dos resultados, implicações e tendências. Cadernos de Pesquisa, v. 40, n. 141, p. 793-822, 2010. Biblioteca Digital da Produção Intelectual – BDPI, Universidade de São Paulo.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v22i1.6524

Direitos autorais 2020 Luana Costa Almeida

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 25/06/2020)

Fonte: Google Analytics.