O Bullying no Contexto Brasileiro: notas e referências

Pâmela Esteves

Resumo


Bullying é um tipo de comportamento violento caracterizado por atitudes agressivas de todas as formas, praticadas intencional e repetidamente, que ocorre devido à dificuldade dos estudantes em conviver/aceitar suas próprias diferenças culturais e identitárias que são construídas e reconstruídas no ambiente escolar. Mesmo compreendendo o bullying como um tipo específico de violência escolar, a questão da motivação para a ocorrência do bullying continua sem explicações racionáveis, por isso, este texto defende que o não reconhecimento da diferença constitui a principal motivação para o comportamento bullying. A partir dessa ponderação o texto analisa o bullying no contexto da educação brasileira.

Palavras-chave


Bullying; Violência Escolar; Diferença; Brasil.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, M. Tolerar é pouco? Pluralismo, mínimos éticos e prática pedagógica. Petrópolis, Rio de Janeiro: Novamérica, 2009.

ARENDT, Hannah. Homens em tempos sombrios. Trad. Denise Bottmann. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

BEANE, A. L. Proteja seu filho do bullying. Rio de Janeiro: Best Seller, 2011.

BEAUDOIN, Marie-Nathalie; TAYLOR, Maureen. Bullying e desrespeito: como acabar com essa cultura na escola. Porto Alegre: Artmed, 2006.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Tradução de Fernando Tomaz. 2. ed. Rio de, Janeiro: Bertrand 2008.

CALHAU, Lélio Braga. Bullying: o que você precisa saber: identificação, prevenção e repressão. Niterói, RJ: Impetus, 2009.

CNJ. Bullying – Projeto Justiça nas Escolas. Cartilha 2010. Disponível em: http://empatianaescola.org.br/prevenir-o-bullying/. Acessado em: 30. out. 2016.

CANDAU, Vera Maria; SACAVINO, Suzana (coords.). Educação em Direitos Humanos e bullying: oficinas para o enfrentamento e prevenção. Rio de Janeiro: Novamerica, 2012.

CATINI, Nilza. Problematizando o bullying par a realidade brasileira. Tese (Doutorado em Psicologia). PUC, Campinas, S. P, 2004.

CEREZO, F., & ATO, M. Social status, gender, classroom climate and bullying among adolescents pupils. Anales de Psicologia, Universidad de Murcia, 2010.

CHARLOT, Bernard. A violência na escola: como os sociólogos franceses abordam essa questão. Sociologias, Porto Alegre, 2002.

COSTA, José Martins Barra. Sexo, nexo e crime. Lisboa: Edições Colibri, 2013.

COSTANTINI, Alessandro. Bullying: como combatê-lo? Prevenir e enfrentar a violência entre jovens. São Paulo: Itália Nova, 2004.

CUBAS, Viviane de O. Violência na escola: um guia para pais e professores. São Paulo: ANDHEP, 2006.

DEBARBIEUX, Eric.; CATHERINE, Blaya. (orgs.). Violência nas escolas e políticas públicas: dez abordagens europeias. Brasília, Editora Unesco, 2002.

FANTE, C. A. Z. Fenômeno bullying: Estratégias de intervenção e prevenção entre escolares: uma proposta de educar pela paz. São José do Rio Preto, SP: Ativa, 2003.

FANTE, C. A. Z. Fenômeno bullying: como prevenir a violência nas escolas e educar pela paz. 2. ed. Campinas, SP: Verus, 2005.

FORQUIM, J. C. Escola e cultura. Porto Alegre, Artes Médicas, 1993.

GOMES, Luiz Flávio. Bullying: a violência que bulina a juventude. Revista Síntese de Direito Penal e Processual Penal, Porto Alegre, v. 11, n. 63. 2001.

HABERMAS, J. Comentários à Ética do Discurso. Lisboa: Instituto Piaget, 2004.

HALL, Stuart. Dá diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2009.

LA TAILLE, Y. Dimensões psicológicas da violência. Revista Pátio, Porto Alegre: Artmed, ano 6, n. 21, maio/jul. 2004.

MIDDELTON-MOZ, Jane; ZAWADSKI, Mary Lee. Bullying: estratégias de sobrevivência para crianças e adultos. Porto Alegre: Artmed, 2007.

MUSIL, R. O jovem Törless. Berlin: Cornelsen, 1906.

NOGUEIRA, Rosana Maria C. Del Picchia. Violência na escola: em busca de definições. São Paulo: Psicopedagogia online, 2004.

OLWEUS, D. Aggression in the schools: bullies and whipping boys. Washington, D.C.: Hemisphere (Wiley), 1978.

OLWEUS, D. Stability of aggressive reaction patterns in males: A Review. Psychological Bulletin, 2007.

OLWEUS, D. The Olweus Bullying Prevention Program: implementation and evaluation over two decades. In: Handbook of Bullying in Schools, edited by S. R. Jimerson, S. M. Swearer, and D. L. Espelage, 377-402. New York: Routledge, 2009.

PEREIRA, Beatriz Oliveira. Para uma escola sem violência. Estudo e prevenção das práticas agressivas entre crianças. Editora: Fundação Calouste Gulbenkian e FTC. Porto:2002.

RAMIREZ, F. C. Condutas agressivas na idade escolar. Portugal: McGraw, 2001.

ROSSATO, Solange Marques; ROSSATO Geovanio. Educando para a superação do bullying. São Paulo: Loyola, 2013.

SALMIVALLI, C., & PEETS, K. Bullying en la escuela: un fenómeno grupal. In: R. Ortega (ed.). Agresividade injustificada, bullying y violencia escolar. Madri: Alianza Editoral, 2010.

SILVA, Ana Beatriz Barbosa. Conselho Nacional de Justiça, Cartilha de Combate ao Bullying. Brasília, editora do CNJ, 2010.

SPOSITO, Marilia Pontes. Um breve balanço da pesquisa sobre violência escolar no Brasil. São Paulo, Educação e Pesquisa, v. 27, n. 1, p. 85-103, 2001.

SPOSITO, Marilia Pontes. Violencia colectiva, jóvenes y educación. México, Revista Mexicana de Sociologia, 2004.

SILVA, A. B. B. Bullying: mentes perigosas nas escolas. Rio de Janeiro: Objetiva, 2010.

TAYLOR, C. Argumentos filosóficos. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

TOGNETTA, L. R. P.; VINHA, T. P. Estamos em conflito: eu, comigo e com você! Uma reflexão sobre o bullying e suas causas afetivas. In: Escola, conflitos e violência. Santa Maria: Editora da UFSM, 2008.

VILHENA, J.; MAIA, M. V. C. M. Agressividade e violência: reflexos acerca do comportamento anti-social e sua inscrição na cultura contemporânea. Revista Mal-estar e Subjetividade, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v22i1.6626

Direitos autorais 2020 Pâmela Esteves

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 25/06/2020)

Fonte: Google Analytics.