Funções do Brincar/Jogar no Desenvolvimento da Sociabilidade: teorizações

Adriana Pereira

Resumo


Resumo: este artigo apresenta um conjunto de teorizações
que auxiliam na compreensão dos elementos formativos
do indivíduo/atleta com base na perspectiva de
George Mead, além da caracterização do brincar/jogar na
concepção de Johan Huizinga e a classificação dos jogos
segundo Roger Caillois. Autores considerados progressistas,
democráticos, que pensam a formação de indivíduos
críticos e reflexivos para a construção da cidadania plena.

Palavras-chave: Psicologia Social, Self, Brincar/
Jogar, Psicologia do Esporte.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v38i1.1911

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 51.961
Estados Unidos 1.284
Portugal 818
França 246
Moçambique 238
Angola 171
Reino Unido 61
México 61
Espanha 60

Fonte: Google Analytics.