Mapa de Risco de Erosão e Contaminação Superficial da Microbacia do Corrego Samambaia DF / Brasil

Georgenis T. Fernandes, Giulliano G. Conde, George H. Gonçalves, Igor Cardoso Pescara, Murilo G. Torres, Edílson S. Bias, Carlos F. S. Castro, Luiz Fabrício Zara

Resumo


O crescimento populacional associado a expansão urbana acelerada têm gerado uma progressiva redução da qualidade ambiental no Distrito Federal. A criação de novas áreas urbanas por particulares, neste caso geralmente de forma clandestina e desordenada, resultou no aumento dos passivos ambientais. O presente trabalho apresenta a elaboração de mapa de risco de erosão e análises físico-químicas da micro bacia do córrego Samambaia. A inexistência de sistemas drenagem de águas pluviais e esgotos, crescente impermeabilização do solo e a falta de vegetação ocasionam grande áreas de risco de erosão e contaminação das águas superficiais possivelmente por esgoto doméstico no córrego Samambaia na Colônia Agrícola Samambaia, Distrito Federal - DF.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v34i6.245

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (01/01/2006 - 01/06/2019)
País Usuários
Brasil 43.582
Estados Unidos 1.240
Portugal 743
França 246
Moçambique 183
Angola 118
Reino Unido 60
Espanha 52
Chile 47
Total 47.204

Fonte: Google Analytics.