Evidenciação das Contas do Ativo Imobilizado: um estudo em empresas listadas na BM&Bovespa

Eduardo Wink, Matheus Tumelero Dornelles, Simone Beatriz Santos da Silva, João Eduardo Prudencio Tinoco

Resumo


Resumo: a conversão com as normas internacionais de contabilidade regulamentada no Brasil iniciou um novo ciclo para os profissionais da contabilidade, destacando-se a análise das demonstrações para mensuração dos saldos de acordo com as novas regras. Neste estudo focou-se
o grupo de contas do Ativo Imobilizado e as alterações evidenciadas no mesmo. O objetivo fora de verificar quais as necessidades que as empresas
da amostra tiveram para publicar os saldos contábeis de acordo com as
novas regras instituídas no Brasil. Efetuou-se estudo nas demonstrações
contábeis consolidadas do Grupo Randon, Marcopolo S/A e Iochpe-Maxion S/A dos exercícios findos de 2008 a 2012 e, constatou-se relevante modificação dos saldos apresentados após a contabilização com a nova legislação societária. Denota-se a relevância que a nova normativa contábil trouxeaos usuários externos e internos no que tange a análise patrimonial das referidas empresas. Ao final, considera-se necessário o estudo de outras entidades ou segmentos econômicos para análise comparativa com o resultado
apresentado neste e, também, estudo comparativo entre a legislação societária e a legislação fiscal.
Palavras-chave: Conversão. Normas Internacionais de Contabilidade. Ativo Imobilizado. Demonstrações Contábeis.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v40i1.2699

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (01/01/2006 - 01/06/2019)
País Usuários
Brasil 43.582
Estados Unidos 1.240
Portugal 743
França 246
Moçambique 183
Angola 118
Reino Unido 60
Espanha 52
Chile 47
Total 47.204

Fonte: Google Analytics.