Estudo de Caso: perfil linguístico de irmãos com surdez congênita usuários do implante coclear

Rayane Rodrigues Alves, Luciana Alves Antônio Machado

Resumo


Resumo: Introdução: Alterações no sistema auditivo podem gerar um
prejuízo nas habilidades linguísticas, consequentemente, atraso no processo de aquisição do vocabulário, influenciando diretamente no desenvolvimento linguístico global. Objetivo: Verificar o desenvolvimento linguístico em irmãos surdos e compará-las a ouvintes da mesma idade cronológica. Método:Trata-se de um estudo de caso utilizando como instrumento o teste ABFW, miniaturas e livros educativos. Todas as sessões foram filmadas para, em seguida, serem analisadas.Resultados: A.C. na categoria semântica chegou próximo do seu par ouvinte, no aspecto fonético-fonológico apresentou processos não esperados para a idade. A.J nas categorias semânticas apresentou atraso, no aspecto fonético-fonológico ocorreram processos não esperados para sua idade. Conclusão: O perfil linguístico dos irmãos tem diferenças. A.C. desviante do esperado, enquanto A.J. atrasada para seus pares. Por serem irmãos, no mesmo ambiente familiar,conclui-se que a influência
do tempo de privação sensorial auditiva foi significante para os achados
linguístico das crianças.

Palavras-chave: Implante coclear. Irmãos. Linguagem. Surdez.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v42i3.4128

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (01/01/2006 - 01/06/2019)
País Usuários
Brasil 43.582
Estados Unidos 1.240
Portugal 743
França 246
Moçambique 183
Angola 118
Reino Unido 60
Espanha 52
Chile 47
Total 47.204

Fonte: Google Analytics.