Hidrolândia na Rede Urbana

Celene Cunha M. Antunes Barreira, Miraci Kuramoto Nucada

Resumo


Santos (2002, p. 165) afirma que lugar e região são abstrações, não têm existência própria, se considerados à  parte da totalidade, pois falta a significação dada pelos momentos históricos e pelos recursos totais do país, do mundo, como população, capital, força de trabalho etc., donde se conclui que a totalidade está em constante movimento, da mesma forma que região e lugar. Podem-se reconhecer três níveis de totalidade: mundial, territorial e o nível local que são os lugares nos quais a rede ganha uma dimensão única e se concretiza socialmente. Este artigo trata dessa discussão e da rede urbana em relação a Hidrolândia (GO), uma cidade pertencente a uma região metropolitana.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v35i2.650

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (01/01/2006 - 01/06/2019)
País Usuários
Brasil 43.582
Estados Unidos 1.240
Portugal 743
França 246
Moçambique 183
Angola 118
Reino Unido 60
Espanha 52
Chile 47
Total 47.204

Fonte: Google Analytics.