LEI MARIA DA PENHA: ANÁLISE DE CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS DE COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Mirian Aparecida Deboni, Luiz Victor Florencio Silva

Resumo


Este estudo analisa as campanhas publicitárias que têm como conteúdo o combate à violência contra a mulher, direcionando-se na ótica da Lei Mania da Penha. As campanhas são analisadas enquanto instrumento de efetividade do dispositivo legal no que diz respeito à conscientização da mulher sobre seus direitos. O objetivo do artigo consiste em descrever a importância da proteção legal existente a favor da mulher presente nas campanhas publicitárias, de forma explicita ou implicitamente. Nas campanhas analisadas, a publicidade funciona como instrumento persuasivo contra a impunidade do homem diante da violência cometida às mulheres.


LAW MARIA DA PENHA: ANALYSIS OF ADVERTISING CAMPAIGNS FOR OVERCOMING VIOLENCE AGAINST WOMEN

This study analyzes the advertising campaigns that have as content the fight against violence against women, being directed in the perspective of the Maria da Penha Law. Campaigns are analyzed as an instrument of effectiveness of the legal provisions regarding women's awareness of their rights. The purpose of this article is to describe the importance of legal protection existing in favor of women present in advertising campaigns, explicitly or implicitly. In the analyzed campaigns, advertising is used as a persuasive tool against impunity for violence against women.

Palavras-chave


Campanhas publicitárias; Violência; Mulher; Lei; Advertising Campaings; Violence; Woman; Law.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição (1998). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>. Acesso em: 26 jan. 2017.

BRASIL. Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Código Penal. Brasília, DF, 7 dez. 1940. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del2848.htm>. Acesso em: 8 jan. 2018.

BRASIL. Lei 11.340, de 07 de agosto de 2006. Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8o do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres e da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher; dispõe sobre a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; altera o Código de Processo Penal, o Código Penal e a Lei de Execução Penal; e dá outras providências. Brasília, DF, 7 ago. 2006. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm>. Acesso em: 10 mar. 2017.

BRASIL. Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres. Quebre o ciclo, denuncie a violência contra a mulher. 2016. Disponível em: <http://www.spm.gov.br/>. Acesso em: 8 jan. 2018.

BRASIL. Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres. Relatos de violência sexual aumentam cerca de 90% no Carnaval de 2017. 2017a. Disponível em: <http://www.spm.gov.br/noticias/relatos-de-violencia-sexual-aumentam-cerca-de-90-no-carnaval-de-2017>. Acesso em: 18 fev. 2018.

BRASIL. Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres. SPM lança campanha de alerta aos sinais de relacionamento abusivo. 2017b. Disponível em: <http://www.spm.gov.br/noticias/spm-lanca-campanha-de-alerta-aos-sinais-de-relacionamento-abusivo>. Acesso em: 16 jul. 2017.

CASIQUE, Leticia Casique; FUREGATO, Antonia Regina Ferreira. Violência contra mulheres: reflexões teóricas. Rev. Latino-am Enfermagem, São Paulo, v. 14, n. 6, nov./dez. 2006. 8 p. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rlae/v14n6/pt_v14n6a 18.pdf >. Acesso em: 2 mar. 2017.

CHALHUB, Samira. Funções da linguagem. 12. ed. São Paulo: Ática, 2006.

CINEMASKOPE. Campanha da OpusMúltipla e HouseCricket orienta vítimas e testemunhas sobre como agir em casos de violência contra a mulher. 2014. Disponível em: <http://www.cinemaskope.com/campanha-da-opusmultipla-e-housecricket-orienta-vitimas-e-testemunhas-sobre-como-agir-em-casos-de-violencia-contra-a-mulher/>. Acesso em: 6 out. 2017.

COSTA, Leonor Matos. Factores de sucesso na publicidade contra a violência doméstica. Dissertação (Mestrado em Publicidade e Marketing da Escola Superior de Comunicação Social) – Instituto Politécnico de Lisboa, Lisboa, 2011. Disponível em: <https://repositorio.ipl.pt/bitstream/10400.21/202/1/Factores% 20de%20Sucesso%20na%20Publicidade%20contra%20a%20Viol%C3%AAncia%20Dom%C3%A9stica_vers%C3%A3o%20corrigida.pdf>. Acesso em: 9 mar. 2017.

DATA SENADO. Pesquisa violência doméstica e familiar contra a mulher. 2015. Disponível em: <http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/dossie/pesquisas/pesquisa-violencia-domestica-e-familiar-contra-a-mulher-datasenado-2015/>. Acesso em: 5 dez. 2017.

FALEIROS, Eva. Violência de Gênero. In: TAQUETT, Stella R. (Org.). Violência contra a mulher adolescente-jovem. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2007. p. 61-65 Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/265336500_Violencia _contra_a_mulher_adolescentejovem>. Acesso em: 28 jan. 2017.

FORUM. A naturalização da violência contra a mulher em frases do cotidiano. 2015. Disponível em: <https://www.revistaforum.com.br/ativismodesofa/2015/11/26/ naturalizacao-da-violencia-contra-mulher-em-frases-cotidiano/>. Acesso em: 8 jan. 2018.

FRASEADO. Diga não à violência contra a mulher. 2015. Disponível em: <https://fraseado.com.br/frases/violencia-contra-a-mulher/diga-nao-a-violencia-contra-a-mulher/>. Acesso em: 3 jan. 2018.

FRENTE FEMINISTA USP. Semana de combate à violência contra a mulher. 2013. Disponível em: <https://frentefeministausp.wordpress.com/2013/09/18/semana-de-combate-a-violencia-contra-a-mulher>. Acesso em: 8 jan. 2018.

GUIMARÃES, Ana Paula. A educação da mulher: uma proposta do jornal “o sexo feminino”. Disponível em: <https://ufsj.edu.br/pghis/monografias.php>. Acesso em: 15 ago. 2018.

LEAO, Ingrid; LAPA, Thais; AMOROSO, Tamara. Brasil: violência contra a mulher e tecnologia de informação e comunicação. 2009. Disponível em: <http://www.genderit.org/sites/default/upload/brasil_APC_WNSP_MDG3_ctryrpt_VAWICT_port.pdf>. Acesso em: 30 jan. 2017.

ONU MULHERES. Globo e ONU Mulheres iniciam campanha de enfrentamento à violência contra as mulheres. 2015. Disponível em: <http://www.onumulheres.org.br/noticias/globo-e-onu-mulheres-iniciam-campanha-de-enfrentamento-a-violencia-contra-mulher/>. Acesso em: 1 jan. 2018.

PAULO, Vicente; ALEXANDRINO, Marcelo. Direito constitucional descomplicado. 15. ed. Rio de Janeiro: Método, 2016.

PIAUÍ. Ministério Público do Estado do Piauí. MPPI realiza campanha sobre violência contra a mulher durante o carnaval. 2017 Disponível em: <http://www.mppi.mp.br/internet/index.php?option=com_content&view=article&id=5862:mppi-realiza-campanha-sobre-violencia-contra-a-mulher-durante-o-carnaval&%20catid=224&Itemid=210>. Acesso em: 8 jan. 2018.

ROSSI, Paloma. Campanha contra assédio vai espalhar tatuagens pelo país no carnaval de 2018. Disponível em: <http://revistaexpressao.com.br/ comportamento/campanha-contra-assedio-vai-espalhar-tatuagens-pelo-pais-no-carnaval-de-2018/>. Acesso em: 01 mar. 2017.

SILVA, Pedro. A palma da mão não é sua amiga. 2015. Disponível em: <http://dapalmadamaoaotiro.blogspot.com.br/>. Acesso em: 8 jan. 2018.

SOARES, Bárbara M. Enfrentando a violência contra a mulher. Brasília: Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, 2005. Disponível em: <https://www12.senado.leg.br/institucional/omv/entenda-a-violencia/pdfs/enfrentando a-violencia-contra-a-mulher-orientacoes-praticas-para-profissionais-e-voluntarios>. Acesso em: 8 jan. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v28i2.6462

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3

Visitantes - (01/01/2006 - 08/11/2018)

País Usuários
Brasil 19.140 - 89,25%
Estados Unidos 732 - 3,41%
Portugal 385 - 1,80%
França 274 - 1,28%
Moçambique 151 - 0,70%
Angola 98 - 0,46%
Índia 59 - 0,28%
Peru 54 - 0,25%
Chile 50 - 0,23%
Total 21.250

Fonte: Google Analytics