O DIZER E O ESCREVER COMO PROCESSO NARRATIVO NO DESVELAR ATRAVÉS DA PRESENÇA PERMANENTE

Elismar Alves dos Santos

Resumo


O artigo está dividido em três partes. A primeira descreve a proposta filosófica de Espinosa à luz da reflexão de Deleuze: concebe a vida como uma maneira de ser, em que a Ética emerge como convite para relacionar-se com outrem através do afeto. A Ética torna-se mais apropriada do que a Moral para falar do acontecimento da existência como evento relacional. A vida, nesse contexto, é concebida como alegria, paixão e potência. O ser humano é alguém capaz de dar e receber afeto. Já a segunda parte, por sua vez, volta-se para a discussão do Ser e Vir a Ser, compreendido no tempo e Devir. Descobre-se que a “Vontade de Potência” consiste no poder de afetar e ser afetado. Com isso, o Ser desvela-se e demonstra-se no Vir a Ser no tempo e no Devir. O Devir, aqui, é a Potência, ou a expressão de potência. Na última parte, após o percurso realizado, abre-se a discussão sobre o dizer e o escrever na narrativa. Concebe-se a narrativa como espaço de diálogo e rememoração na vivência do ser humano.

Palavras-chave


Filosofia; Ética; Ser; Devir; Narrativa. Philosophy. Ethics. To Be. Becoming. Narration.

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, G. Infância e história: destruição da experiência e origem da história. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005.

BENJAMIN, W. Experiência e pobreza. In: W. Benjamin. Documentos de cultura, documentos de barbárie. São Paulo: Cultrix, 1986.

BENJAMIN. W. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura/ Walter Benjamin. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BENJAMIN, W. O narrador. In: Obras Escolhidas I. São Paulo: Brasiliense, 2012.

DELEUZE, G. A filosofia crítica de Kant. São Paulo: Edições 70, 1962.

DELEUZE, G. Espinosa: filosofia prática. São Paulo: Escuta, 2002.

DELEUZE, G. A imagem-tempo. São Paulo Brasilense, 2005.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

GAGNEBIN, J. M. História e narração em Walter Benjamin. São Paulo: Perspectiva, 2009.

HEIDEGGER, M. Ensaios e conferências. Petrópolis: Vozes, 2001.

KANT, I. Fundamentação da metafísica dos costumes. Portugal: Edições 70, 1995.

PLATÃO. Coleção autores gregos e latinos série textos – Platão: Timeu – Crítias. (Tradução do Grego, Introdução e Notas Rodolfo Lopes). Portugal: Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos: Universidade de Coimbra, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v28i4.6666

Documento sem título
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3

Visitantes - (01/01/2006 - 20/12/2018)
País Usuários
Brasil 21.333
Estados Unidos 918
Portugal 462
França 277
Moçambique 178
Angola 109
Índia 65
Peru 56
Chile 55
Total 23.881

Fonte: Google Analytics