BELEZA PURA: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA E SOCIOANTROPOLÓGICA DAS REPRESENTAÇÕES DO CORPO E BELEZA NO BRASIL

Silvio Cesar Benevides, Vanessa Ionara Rodrigues

Resumo


Este trabalho está inserido na área de Sociologia do Corpo e permeia discussões acerca da Cultura e do Consumo. Interessados no grande índice de consumo de produtos e serviços relacionados à manutenção da aparência física no Brasil na contemporaneidade, nos centramos em compreender a maneira pela qual o corpo alcançou tamanha visibilidade entre as pessoas, e enfaticamente entre os jovens, atentando para aspectos de gênero e geracionais. Tomamos a ênfase dada ao corpo enquanto parte de um processo civilizador e reconhecemos a relevância de observar como as construções de representações e padrões são multiplamente influenciadas em processos caracterizados pela hibridez e efemeridade, e apresentam e ressignificam enunciados através de continuidades e descontinuidades históricas. Numa sociedade fluida, ou líquida, onde boas aparências são requisito social e o consumo é distintivo, classificador e meio de atingir notoriedade, necessitamos reparar responsavelmente nos discursos (verdades) disseminados, que atingem diferentemente e interseccionalmente cada indivíduo.

Palavras-chave


Processo Civilizador; Corpos dóceis; Consumo

Texto completo:

PDF

Referências


ALCANTARA, Ramon Luis de Santana. Apontamentos Para Pensar O Uso Dos Estudos Foucaultianos, Mediados Pelas Teorias Pós-Coloniais: ferramentas para problematizar o entendimento de diversidade no Brasil. VI Jornada internacional de Políticas Públicas. Maranhão, 2013. 10 p.

ASHCAR, Renata. Brasilessência: a cultura do perfume. São Paulo: Nova cultural, 201 p., 2001.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 260 p., 2001.

_________________. Vida para Consumo: A transformação das pessoas em mercadoria. Rio de Janeiro: Zahar, 199 p., 2008.

BEAUVOIR, Simone de. O Segundo Sexo. São Paulo: Difusão Europeia do livro. 309 p. 1970.

BRAGA, Amanda. Retratos em Preto e Branco: discursos, corpos e imagens em uma história da beleza negra no Brasil. 2013. 229 p. Tese (Doutorado em Letras). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa. 2013.

ECO, Umberto. História da Beleza. Rio de Janeiro: Record, 208 p. 2004.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador, v.1. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed, 277 p.,1994.

_____________. O Processo Civilizador, v. 2. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed, 307 p., 1993.

_____________. Sobre o tempo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 163 p., 1998.

FREYRE, G. Modos de homem, modas de mulher. Rio de Janeiro: Record, 334 p., 1987.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. Petrópolis, Rio de Janeiro. Editora Vozes. 292 p. 2009.

GOLDENBERG, Mirian. Nu & Vestido: dez antropólogos revelam a cultura do corpo carioca. Rio de Janeiro: Record, 383 p. 2002.

__________________. O Corpo como Capital: Para compreender a Cultura Brasileira. Revista Arquivos em Movimento. Rio de Janeiro. Vol. 2. N. 2. 09 p., Jul-dez/2006

GONÇALVES, Sérgio Campos. Processo Civilizador e Colonização em Norbert Elias: uma teoria interpretativa através da sociologia, da história e da psicologia. OPSIS, Catalão, v. 13, n. 1, p. 200-221 - jan./jun. 2013

LE BRETON. David. A Sociologia do Corpo. Petrópolis, RJ: Vozes, 101 p., 2007.

MAUSS, Marcel. As técnicas do corpo. In: Sociologia e antropologia. São Paulo: Cosac & Naify Edições, p. 399 a 422, 2003.

MOLINA, Ane. A Beleza Masculina: imagem e identidade de gênero. In: . Publicado em: fev/2014. Acesso em: 15/01/2016.

SANT’ANNA. Denise Bernuzzi de. História da Beleza no Brasil. São Paulo: Contexto, 205 p., 2014.

TEIXEIRA, Sérgio Alves. Produção e Consumo Social da Beleza. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 7, n. 16, p. 189-220, dez/2001.

WOUTERS, Cas. Como Continuaram os Processos Civilizadores: rumo a uma informalização dos comportamentos e a uma personalidade de terceira natureza, Sociedade & Estado. Dossiê Norbert Elias, Brasília, v.27, n.3. set/dez, 546-570. 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v10i0.5547

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis B3

Flag Counter